Pesquisa personalizada

OUÇA TEMAS DA BÍBLIA AGORA:

REALIZE UMA CAPACITAÇÃO, PALESTRA OU OFICINA SOBRE INDISCIPLINA, BULLYING E ATO INFRACIONAL:

Pesquisa personalizada

02 setembro 2009

Prêmio para quem luta pela igualdade

METAS DO MILÊNIO

Seminário divulga ações

Contribuir para que o Brasil alcance os oito objetivos da ONU de redução das desigualdades pode render reconhecimento público em todo o país. Representantes de projetos catarinenses participam hoje, na Capital, do seminário de divulgação da terceira edição do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) Brasil.

O prêmio foi criado para incentivar ações, programas e projetos desenvolvidos por prefeituras, empresas e organizações da sociedade que contribuem para diminuir a fome, melhorar a educação e a saúde, promover a igualdade de gênero, proteger o meio ambiente e para o desenvolvimento.

O encontro em Florianópolis inicia às 9h, no Hotel Majestic. Segundo o assessor da Secretaria Geral da Presidência da República, Maurício Dutra Garcia, o seminário terá uma oficina sobre o prêmio, outra sobre a municipalização dos objetivos e uma terceira sobre mobilização em torno dos oito itens.

Garcia ressalta que o prêmio serve para dar visibilidade às iniciativas e favorece a disseminação da ideia de alcançar os objetivos.

Na primeira edição, 930 práticas foram inscritas. Na segunda, 1.062. Neste ano, conforme Garcia, a expectativa é de mais de 3 mil inscritos em todo o país. O prêmio é promovido pelo governo federal, coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e pelo Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade.

Enquanto as práticas consolidadas concorrem ao prêmio, Santa Catarina busca adesões ao programa.

Estudo vai conhecer realidade catarinense

Para conhecer melhor a realidade e as demandas das regiões, uma parceria entre entidades deve promover um estudo. De acordo com o diretor do Instituto Primeiro Plano, Odilon Luís Faccio, ficará mais fácil estabelecer objetivos com dados levantados por município. Depois da análise dos projetos, será feita a contratação de empresa para a realização do estudo.

Outra necessidade é o levantamento de boas iniciativas. Com um banco de boas práticas, futuramente será possível utilizar os modelos em regiões diversas. Apenas uma iniciativa catarinense já esteve entre as 47 vencedoras nas duas edições anteriores do prêmio. A Associação de Agroturismo Acolhida na Colônia engloba os municípios de Rancho Queimado, Anitápolis, Santa Rosa de Lima, Rio Fortuna, Gravataí e Grão Pará.

Como se inscrever

Conheça os objetivos do milênio

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada