Pesquisa personalizada

OUÇA TEMAS DA BÍBLIA AGORA:

REALIZE UMA CAPACITAÇÃO, PALESTRA OU OFICINA SOBRE INDISCIPLINA, BULLYING E ATO INFRACIONAL:

Pesquisa personalizada

28 junho 2006

RELATÓRIO: EEF TANCREDO NEVES

EEF TANCREDO DE ALMEIDA NEVES
DISCIPLINA: GEOGRAFIA
PROFESSORA: EDILENE MEZADRI WINTER
TURMAS ENVOLVIDAS: 5ª a 8ª SÉRIE
TEMA: TABAGISMO

RELATÓRIO

No dia 1º de Junho, o tema Tabagismo foi levado para sala de aula, na aula de Geografia. A professora levou para sala os cartazes da campanha do Ministério da Saúde.Os cartazes foram utilizados como recurso didático visando sensibilizar os alunos e conscientizá-los para que escolham hábitos saudáveis e para que fiquem longe de qualquer substância nociva à saúde e ao meio ambiente.
Ao final da atividade, os alunos demonstraram entender a importância de discutir o tema, as implicações nocivas para a saúde e enfim, evitar qualquer contato com o cigarro.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS







ATIVIDADE: EEB OSVALDO ARANHA

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
EEB.OSVALDO ARANHA
Rua: Lindóia, 103 – Bairro Glória – Fone: 3453-1940
Joinville - SC – CEP: 89216-300

e-mail: eebosvaldoaranha@sed.rct-sc.br


RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO NEPRE
NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E PREVENÇÃO

Coordenação Geral na Escola: Regina Célia Leão de Paula

OBJETIVO: Viabilizar na Unidade Escolar um espaço voltado a informação e reflexão referente aos temas: drogas, sexualidade e violência, onde nossos jovens no exercício constante da cidadania, venham a discutir abertamente suas dúvidas.

AÇÕES DESENVOLVIDAS DE FEVEREIRO A MAIO/2006

FEVEREIRO

25 e 26 de Fevereiro – Congresso Distrital dos Jovens Luteranos do DINOCA. Com a Igreja Evangélica Luterana do Brasil. Reunião de jovens da população circunvizinha do Bairro Glória com palestras sobre Valores e Ética, Estudos, Debates e Atividades Esportivas com pernoite na Escola.
Responsabilidade do Pastor Rev. Nerci Leomar Hegele
Carga Horária Total - 16H
Pessoas envolvidas - 120 pessoas

MARÇO

Elaboração de Mural sobre Prevenção, contemplando toda a Comunidade Escolar.
Turmas envolvidas: 6ª, 7ª e 8ª séries
Nº de alunos participantes: 12
Carga Horária Total: 06 horas

Encontros Semanais com alunos do Projeto Superação Jovem de março à maio – Reuniões de Atividades de Elaboração do Jornal Mural da Escola, Projeto de Observação dos atos e atitudes dos alunos durante o recreio (desperdício de alimentos, higiene e prevenção de acidentes). Após observação (02 semanas) foi feito diagnóstico e realizou-se a conscientização dos alunos através de palestras.

Total de Encontros no período de março a maio = 24
Turmas envolvidas: 05
Nº de alunos participantes: 12
Carga Horária Total: 48h

ABRIL

Dias 07,11,19 e 26 de Abril –– PROJETO FUTURO E VIDA – ARAUTOS DO EVANGELHO - Oficinas Apresentação Musical e Defesa Pessoal, Teatro: Personalidade e Temperamentos, Equilíbrio Emocional, Perda da inibição para vencer as dificuldades da vida. Música: Ética e Personalidade, Harmonia dos homens rumo ao fim comum, Desabrochar das capacidades pessoais. Defesa Pessoal: Relacio-namento Humano, Respeito para com o próximo, A boa conduta do cidadão redunda numa sociedade perfeita.
Turmas envolvidas: 04 turmas 5ª, 6ª, 7ª e 8ª
Nº de alunos participantes: 110
Carga Horária Total: 4h


26/04/06 – Palestra sobre Sexualidade, Estudantes do Curso de Eventos do IESVILLE e Sra. Rosilda Aparecida Boldori, Cons. de Assist.Social Munic.Itapoá.
Turmas envolvidas: 7ª e 8ª E.F. vespertino e 1º4 e 2º 4 E.M. noturno.
Nº de alunos participantes: 120 alunos
Carga Horária Total: 02:30 horas

Trabalho de Orientação ao Trânsito e Prevenção de Acidentes com Elaboração e Exposição de Maquetes. Prof. Eli Ramone L. Farias –
Turmas envolvidas: alunos da 2ª e 3ª séries E.F.
Nº de alunos participantes: 46
Carga Horária Total: 6h

MAIO

04/05/06 – Projeto Futuro e Vida. Encerramento com apresentação musical Arautos do Evangelho
Turmas envolvidas: 07 (todas as turmas do vespertino)
Nº de alunos participantes: 170
Carga Horária Total: 02


Oficinas com filmes e debates sobre Preconceitos e Valores com (04) Estagiárias de Psicologia da ACE.
Turmas envolvidas: 6ª série - 09:30h as 11:30h toda 6ª feira contraturno.
Nº de alunos participantes: 15
Carga Horária Total: 10h

Teatro para Prevenção Odontológica – Equipe de funcionários Profissionais da Área de Saúde do Posto do Vila Nova e Dra. Rosangela Magalhães Furlanetto.
Turmas envolvidas: pré-escolar, 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª séries do E.F.
Nº de alunos participantes: 130
Carga Horária Total: 4h

JUNHO

02/06 – CULTO ECUMÊNICO – Saudação de Paz/Reflexão sobre valores RENASCER/Luterana Pastor Nerci , CATÓLICA/Ministro e Sra. Lisete responsável pelo CIER. Trabalho paralelo com Aula de Artes construção da árvore da Paz.
Turmas envolvidas: 07 turmas do período vespertino
Nº de alunos participantes: 170 alunos
Carga Horária Total: 2h juntamente com Aula de Artes.

Joinville, 14 de Junho de 2006..

Regina Célia Leão de Paula
Assist. Técnica Pedag.

ATA - COMEN/JOINVILLE - SC - 2006

ATA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO COMEN/JLLE – 2006

Aos treze dias do mês de junho de 2006, 9 horas e 30 minutos, na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Saúde de Joinville, Rua Itajaí, 51, centro, teve início a 4ª Reunião Ordinária do COMEN/Joinville. A reunião foi presidida pelo senhor Edson César Ardino, representante da Polícia Militar. Compareceram à reunião os conselheiros: Silvana Pohl (Sec. Mun. Educação) Magda Bittencourt e Vera Lúcia Azambuja (Del. de Proteção a Mulher, Criança e Adolescente); José Carlos de Camargo (UADQ); Jessé Lemos (Comunidades Terapêuticas); Francisco de Assis Machado (8º Batalhão de Polícia Militar); Patrícia Lussani (OAB); Nivia Simas e Mário Rezende; (Procuradoria Geral do Município); Ana Maria Flores (UDESC) e Terezinha de Jesus dos Passos (AMUNESC). Abrindo a reunião, o presidente Edson César Ardino cumprimentou a todos e autorizou o 1º ASSUNTO: Leitura da ata da reunião anterior. Terezinha leu a ata já encaminhada aos Conselheiros para conhecimento. Todos aprovaram. 2º ASSUNTO: Repasses das Comissões sobre Planejamento Estratégico: O Presidente Edson César Ardino solicitou aos Conselheiros da Comissão de Fiscalização e Repressão as suas realizações. A Conselheira Magda colocou que poucos conselheiros dessa Comissão reuniram-se . As primeiras ações foram pedir relatórios de visitas e fiscalizações para a Comissão de Segurança e Fiscalização da COMDEC – Comissão Municipal de Defesa Civil, em nome do Coordenador da Comissão Engenheiro Pedro Miguel de Andrade e também para o Comandante do 8º BPM, Ten. Cel. Antônio Alvir Schneider. Segundo Magda, a Comissão coordenada pelo Engenheiro Pedro Miguel de Andrade, reúne-se regularmente. Dia 9 de junho último foi realizada a 10ª Operação de Vistorias e Fiscalizações em bares, clubes, sociedades e entidades públicas. Seria bom que o COMEN fizesse parte desta Comissão. O Presidente Ardino colocou que a Comissão de Fiscalização e Repressão do COMEN é a mais indicada para participar, pois dentre muitas das suas atividades diárias, já estão inseridas as ações divulgadas pela COMDEC. De acordo com as entidades que compõem a Comissão de Segurança e Fiscalização da COMDEC, já trabalham a SEINFRA, Polícia Militar, Vigilância Sanitária, Polícia Civil e Vara da Infância e Juventude, que são entidades do COMEN. Magda colocou que tem muito interesse em participar, mas que gostaria de revezar quando necessário. Segundo ela, as entidades são as mesmas, mas os Conselheiros, muitas vezes, não são os mesmos do COMEN. A Conselheira Magda entregou ao Presidente Edson César Ardino, relatório da Comissão Permanente de Estudos e Mobilização da Rede de Proteção a Criança e Adolescentes. Comissão de Legislação: Patrícia (OAB) colocou que esta Comissão reuniu-se, mas o que se tem a repassar é muito extenso. O Presidente Ardino colocou que seria muito proveitoso a apresentação em Data Show sobre as legislações mais pertinentes ao COMEN. A Conselheira Nivia pediu para que cada comissão formulasse perguntas e enviasse por e-mail para ela. De posse de todos os questionamentos, a Comissão de Legislação irá elaborar o conteúdo. O Presidente Ardino pediu à Comissão que comunicasse previamente, para ser colocado na pauta, pois o assunto será bastante enriquecedor. Todos concordaram. Comissão de Tratamento: O Conselheiro José Carlos colocou que dentre todas as atividades sobre dependência química da Secretaria Municipal de Saúde de Joinville, está a luta por leitos nos hospitais para tratamento. Segundo José Carlos as Comunidades Terapêuticas não prestam serviços de tratamento, por esse motivo é que há esse impasse. Segundo José Carlos, quando as Comunidades Terapêuticas tiverem todos os requisitos preenchidos, inclusive do COMEN, e disponibilizar vagas para atendimento público, haverá acordo. José Carlos colocou que a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza staff técnico para tratamento, inserido em política pública de atendimento. O Presidente Ardino perguntou ao Conselheiro Jessé Lemos se as Comunidades Terapêuticas têm conhecimento das legislações da ANVISA. Senhor Jessé colocou que certamente têm e a partir de junho estarão elaborando um informativo para as entidades. São 13 na região. Segundo o senhor Jessé, também irão fazer visitas para ver o que estão precisando. O INSS está trabalhando em conjunto com as casas de recuperação. Senhor Jessé falou das dificuldades para se fazer visitas nas Comunidades Terapêuticas, pois há falta de condução e/ou combustível. O Presidente Ardino falou que iria conseguir o transporte. Ardino leu a Resolução de 2003 da ANVISA. 3º ASSUNTO: Devolutiva do XIV Encontro de COMEN´s e COMAD´s de SC: Terezinha leu o relatório do Encontro acontecido dias 7,8 e 9 de junho, no município de Campos Novos. De acordo com as apresentações dos municípios de Xanxere, Criciúma, Lages, Campos Novos e Florianópolis, os COMEN´s e COMAD´s recebem apoio total e subvenção das Secretarias e/ou Prefeituras. Todos contam com infra-estrutura para atendimento e trabalhos, conforme registrado no relatório. Ardino colocou que foi adquirido CD com palestras do Encontro. Os COMEN´s e COMAD´s apresentados investem muito na prevenção. 4º ASSUNTO: Diversos:: A Conselheira Ana colocou que está para acontecer a Semana UDESC de Bem com a Vida. Patrimônio: O Presidente Ardino questionou quanto ao patrimônio do COMEN. A Conselheira Silvana respondeu que era Secretária na época e que outra conselheira conseguiu com uma empresa, um computador usado, mas era bem antigo. Tinha também um arquivo de aço também bem antigo. Segundo José Carlos, o conteúdo do arquivo está com a funcionária Débora da Secretaria Municipal de Saúde. José Carlos colocou que na sua gestão foram pleiteados junto a Receita Federal, alguns equipamentos, mas não conseguiu efetuar o recebimento. Reuniões: Ardino colocou que sempre nas segundas-feiras 16 horas, está livre para reuniões na Secretaria Municipal de Saúde. Foram marcadas: dia 19 de junho reunião com a Comissão de Fiscalização e Repressão. Dia 26 de junho com a Comissão de Legislação e dia 3 de julho com as Comunidades Terapêuticas. De acordo com a agenda do Conselheiro José Carlos, único da Comissão de Tratamento, presente nesta reunião, nas segundas-feiras é muito difícil para ele. Será agendada outra data. ENCERRAMENTO: O presidente Edson César Ardino perguntou se mais alguém teria algo a acrescentar, não havendo manifestações, agradeceu as presenças e decretou encerrada a reunião e eu, Terezinha de Jesus dos Passos, Secretária deste Conselho, redigi esta ata, que fica sujeita à posterior aprovação dos presentes.

23 junho 2006

RELATÓRIO: EEB ALÍCIA B. FERREIRA

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
E.E.B PROFª ALÍCIA BITTENCOURT FERREIRA
CÓDIGO 754000214230 - FONE 463-0231
E-MAIL: eebprofaliciabferreira@sed.rct-sc.br
RUA CIDADE DE PILÕES SN BAIRRO SANTA CATARINA
JOINVILLE - SANTA CATARINA

Relatório das ações desenvolvidas pelo Programa de Educação e Prevenção

Informamos que nossa escola possui o mural de Informações sobre prevenção de drogas em geral e de agressões em geral também com telefones úteis e esclarecimentos do que o aluno deve fazer quando se sentir agredido.
No dia 31 de Maio aproveitamos o Dia do Desafio para relacionar com o dia de Combate ao Tabagismo, incentivando a saúde com exercícios físicos e atentando para os problemas que o cigarro causa no ser humano.
Os alunos também contribuem com informações que pesquisam em jornais e outras fontes para o mural de informação e prevenção.
No momento é o que temos a informar, mas estamos desenvolvendo projeto que enviaremos logo.
Atenciosamente,

Luciana de Mira
Assistente T. Pedagógico

21 junho 2006

RELATÓRIO: MARICÉLIA F. PERRONY

Conforme solicitado, estamos enviando relatório das atividades desenvolvidas em relação ao dia 31 de Maio - Dia Mundial de Combate ao Tabagismo.

Atenciosamente,
Maricélia F. Perrony
Orientadora Educacional

Com o objetivo de orientar e prevenir nossos educandos para uma vida mais saudável foram desenvolvidas em nossa escola atividades relacionadas ao dia 31 de maio (Dia Mundial de Combate ao Tabagismo). Com a participação e o apoio de alguns professores o assunto foi trabalhado da seguinte forma:
Com os 3º anos do Ensino Médio dos turnos diurno e noturno e com as 1ª e 2ª séries do Ensino Médio noturno, o tema foi trabalhado sob a coordenação do professor de Física, também Farmacêutico, através de aulas expositivas e reflexivas que estimularam ao debate sobre os malefícios causados pelo uso de drogas, mas especificamente o cigarro.
Nos 1º e 2º anos do Ensino Médio diurno, professor Alencar Calefi, que também participa do projeto NEPRE, abordou o tema através de aula expositiva com recursos audiovisuais, promovendo um debate reflexivo entre os alunos.
Professora Cindia Rossana abordou o tema com as 8ª séries através de aula informativa e reflexiva, ressaltando o poder da mídia em influenciar certos hábitos e atitudes, a relação do adolescente com o meio e o poder de escolha que ele tem diante das ofertas que muitas vezes, numa primeira vez, são gratuitas.
As 5ª séries, com o apoio do professor Leonel, de Ciências, confeccionaram painel com mensagens sobre as conseqüências do fumo e os benefícios de uma vida saudável. No painel, conforme solicitação, foi divulgado o site do NEPRE.
No início do 2º bimestre, a escola contou com a participação de um grupo de jovens da Igreja Católica que fez uma bela apresentação para todos os alunos dos três turnos. Foi surpreendente a atitude dos alunos, pois houve participação nas atividades propostas, como a coreografia das danças, chamou a atenção o nível de concentração dos alunos durante a palestra, onde foi enfatizado a beleza de uma vida saudável, sem drogas.
Com os pequenos de 1ª a 4ª série, o trabalho também foi realizado só que em outro ambiente, onde ouviram a palestra, cantaram, dançaram e refletiram sobre o mesmo tema. Esta atividade foi resgatada pelos professores ao desenvolverem o tema Tabagismo. No início de julho a escola contará novamente com a participação deste grupo de jovens, ilustrando ainda mais o trabalho do Projeto NEPRE, que está em pleno desenvolvimento em nossa instituição.

20 junho 2006

RELATÓRIO: EEB PRESIDENTE MÉDICE

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL
GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESIDENTE MÉDICI
Rua Helmuth Falgatter, 1449 – Bairro: Boa Vista

Fone/fax 47 432-9700 - JOINVILLE – SC – CEP 89205-300
E-mail: eebpresmedici@sed.rct-sc.br

Joinville, 12 de Junho de 2006.
A/C Jorge Schemes

Relatório do NEPRE

Na semana em que se comemorou o dia mundial de Combate ao Tabagismo, a nossa Escola desenvolveu um projeto com apoio dos professores de ciências e Língua portuguesa, visando a conscientização dos alunos quanto aos males provocados pelo consumo do tabaco.
Os professores utilizaram, em sala, cartazes explicativos sobre o tema no qual os alunos visualizaram os componentes do cigarro, os seus malefícios no organismo, e ao meio ambiente, assim despertando- lhes o interesse referente ao assunto.
Eles desenvolveram atividades orientadas pelos professores, como por exemplo:
- Slogan (desenhos que chamam a atenção para a prevenção com frases de alerta).
- Redação: Os efeitos causados pelo uso do cigarro,.
- Cartazes explicativos sobre o tema.
- Construção de mural no pátio da escola.
As turmas envolvidas foram de 5ª à 8ª série do Ensino Fundamental.
Podemos perceber no desenvolvimento dos trabalhos que os alunos mostraram- se envolvidos com as atividades questionando sobre os prejuízos causados pelo vício do Fumo e conscientizando -se sobre a necessidade de evitar o mesmo.
Concluímos que atividades como essas são importantes para despertar no aluno a criticidade quanto aos hábitos que o cercam, distinguindo assim com maior clareza o que lhe pode ser prejudicial ou não a saúde.


Quézia Gonçalves de Souza
Assistente Técnico Pedagógica

Adelina Dognini
Diretora

RELATÓRIO: EEB GUILHERME ZUEGE

Ao
NEPRE – Núcleo de Educação e Prevenção
A/C Jorge Schemes

EEB Vereador Guilherme Zuege
Diretora:
Dalva A. Moser
Assistente Pedagógico Responsável:
Fabiane Regina da Silva

Joinville, 09 de junho de 2006


RELATÓRIO
DIA MUNDIAL DE COMBATE AO TABAGISMO


O objetivo do projeto é levar aos alunos informações sobre os diversos males provocados pelo cigarro e fazê-los refletir sobre essa “epidemia” , que atinge a humanidade cada vez mais cedo. É na adolescência que geralmente se tem o primeiro contato com o cigarro, principalmente porque os adolescentes se deixam influenciar pelo meio social, pelos “amigos”, portanto é aí que devemos efetivamente realizar uma ampla conscientização, fazendo-os refletir sobre os danos que o cigarro, bebidas e outras drogas podem trazer futuramente para suas vidas.
No dia 31 de maio foi feito aos alunos um breve relato dos objetivos de haver uma data específica de comemoração de combate ao fumo, qual o papel dos órgãos responsáveis, os casos mais preocupantes, dados estatísticos etc, afim de No decorrer da semana os alunos de 5ª e 6ª séries confeccionaram cartazes informativos e também plaquetas com o símbolo “proibido fumar” que foram fixados nos murais e paredes da escola. Aproveitando a ocasião foram expostos trechos de redações sobre o tabagismo feitas pelos alunos das 4as séries durante o programa PROERD que é desenvolvido com estes alunos. Foi realizada também uma palestra com os policiais que desenvolvem o PROERD em nossa Unidade Escolar, foi direcionada aos alunos de 5ª a 8ª série do Ensino fundamental. O tema desenvolvido foi Drogas, com ênfase ao consumo de cigarro principalmente entre os adolescentes.
A data comemorativa de 31 de maio veio reforçar atividades que devem ser realizadas continuamente na escola, que tem o papel de orientar os alunos no sentido de prevenção.

PROJETO: PROFª CLÁUDIA REGINA DA SILVA

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DA EDUACAÇÃO
ESCOLA MUNICIPAL RUBEN ROBERTO SCHMIDLIN
Rua: Alexandre Silva, s/n – Bairro: Morro do Meio .
Fone/ fax 3454-0273, Joinville/SC.


PROJETO TABAGISMO


ENSINO MÉDIO NOTURNO

TURMAS : 1o 1,1O 2,1O 3 e 1O 4


DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA


PROFESSORA: CLÁUDIA REGINA DA SILVA


JOINVILLE/2006


1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Escola Municipal Ruben Roberto Schidlin

Curso: Ensino Médio

Disciplina: Língua Portuguesa

Professora: Cláudia Regina da Silva

Período de realização: 31/05/2006 á 08/06/2006.


2 TEMA: O Tabagismo.


3 JUSTIFICATIVA

Tendo em vista a grande intensidade de adolescente usuário de cigarro, utilizaremos o conhecimento para repassar os males que o cigarro provoca.


4 PROBLEMA

Como conscientizar os alunos dos males causado pelo tabagismo?


5 OBJETIVO GERAL

Levar a conscientização aos alunos dos males que o cigarro provoca.


5.1 Objetivo Específicos

- Conhecer do que é feito o cigarro.
- Identificar os males que o cigarro provoca ao corpo.
- Relacionar as experiências apresentada referente ao tabaco com o corpo.
- Efetuar trabalhos em cartazes e debates com o conhecimento adquirido.

6 METODOLOGIA/ GRONOGRAMA.

Para primeira aula, dia 31/05/2006, será apresentado o cartaz mostrando do que é feito o cigarro, os tipos mais vendidos com mais freqüência e experiências referente ao tabaco e a fumaça para conscientização.

Para segunda aula, dia 01/05/2006, será lido os folhetins sobre os males que provoca o cigarro ao fumante ativo e o fumante passivo, juntamente com debates de experiências conhecidas pelos alunos e trabalho infantil nas fazendas de fumo.

Para terceira aula, dia 02/06/2006, os alunos se ajuntaram em grupo com no máximo quatro alunos para debaterem, pesquisarem sobre o que vão expor no dia da amostra e iniciarem a confecção de cartazes e experiências, juntamente com a confecção do mural na aula de artes.

Para quarta e Quinta aula, dia 05/06/2006 e 07/06/2006, deverão confeccionar cartazes e elaborarem experiências sobre o conhecimento adquirido que será apresentado na amostra feita no colégio para os alunos e a comunidade.

Para dia 08/06/2006 , com a ajuda dos professores, será feita a amostra do que aprenderão, onde se dividirão em três grupos juntamente com os professores:
1o Grupo: vão assistir a uma palestra com a psicóloga Karina Viana, da saúde.
2o Grupo: Vão assistir um filme “Nicotina”.
3o Grupo: Vão expor os cartazes juntamente com as experiências feitas pelos mesmos.


RESULTADO

Na primeira aula proposta, houve muita discussão sobre os produtos utilizados que é feito o cigarro, já que muitos ainda não sabiam do que se tratava. Com relação as experiências com o tabaco, fumaça e filtro, ficaram indignado com a cor adquirida na água limpa após ser misturada com o tabaco e a cor amarelada, que o algodão ficou, assim como o filtro.
Já na segunda aula, ouviram atentamente as doenças que o fumante ativo e o passivo adquirem, citando os hospitais lotados e o trabalho infantil, alguns alunos pediram o cartaz da primeira aula para mostrarem aos pais.
Com o grupo formado, por eles mesmo, na terceira aula ficou evidente, como mostram as fotos, que o conhecimento adquirido juntamente com as trocas de experiências facilitaram na confecção dos cartazes, já que, os mesmo davam opiniões sobre os principais tópicos a serem escritos, desenhados ou recortados para o trabalho, assim como, o mural de prevenção.
No dia da amostra os alunos ,contentes, mostraram-se conscientes dos males que o cigarro causa, assim como a comunidade que ficou agradecida pela aula dada e experiências comprovadas, causando indignação com aqueles que ainda não haviam visto e conhecido os males até o presente momento. A palestra de Karina Viana foi de agrado a todos, já que se trata de uma conhecedora do assunto, fazendo com que todos participassem diretamente fazendo perguntas. No filme houve pontos reflexivos por parte da grande maioria dos alunos, pois a história fornecia fatos da vida cotidiana da comunidade.
Portanto, foi de grande utilidade o projeto executado, pois fez com que muitos adquirissem pelo menos a vontade de parar de fumar, outros de nunca fumarem e ficarem perto de fumantes.

PROJETO: EEB TUFI DIPPE

Escola de Educação Básica Dr. Tufi Dippe

ATIVIDADE NEPRE

Parceria com Rotari e Adipros
Apoio da ótica São José

Coordenadora do Projeto : Cristiane – Ótica São José ( 91082195 )

Que tipo de trabalho está sendo desenvolvido?
R- Teste de acuidade visual

Qual o procedimento que está sendo aplicado?
R- Identificar quem tem problema visual através do aparelho vision teste, mesmo os que já usam lente corretiva caso precise atualizar.

Qual o objetivo deste trabalho?
R- Beneficiar acesso a saúde visual.

Desde quando está sendo feito este trabalho nesta Unidade Escolar ?
R- Desde o dia 03/04/2006 e irá até o dia 07/04/2006.

Quais os alunos que estão fazendo o teste?
R- Todos os alunos, do Pré ao Ensino Médio.

O que é feito após o teste?
R- Após o atendimento, quem precisa de consulta oftalmológicas é encaminhado pela ADIPROS (Associação diocesana promoção social) ao profissional da área que faz parte do projeto. A consulta no valor de R$ 40,00.

Procedimento para aquisição dos Óculos :

1- Armações de doações para carentes e para quem paga consulta; (alguns óculos já com lentes).
2- Na ótica São José tem 30% de desconto e com parcelamento para aqueles que passaram pelo teste.

Vimos por meio desta justificar a impossibilidade do desenvolvimento das atividades pedagógicas relacionadas ao dia 31 de maio ( dia mundial de combate ao tabagismo).
Durante o período de greve os alunos não compareceram na escola, nos impossibilitando da realização destas atividades.
Tentamos contato com alguns palestrantes onde nos foi solicitado agendamento com 20 dias de antecedência e disponibilidade do Data Show.
A data para tal agendamento ficaria somente para o final do mês, depois do dia 10 de junho, entretanto não conseguimos o Data Show requerido.
Para tanto, apenas colocamos no Mural da Prevenção cartazes demonstrando o combate ao tabagismo.

19 junho 2006

RELATÓRIO: EEB PROF. RUDOLFO MEYER

E.E.B. PROF. RUDOLFO MEYER

COORDENADORA DO PROGRAMA:
NIRMA ELIAS MACHADO


RELATÓRIO NEPRE

TEMA: Valores da Família


No dia 05 de abril de 2006, nos reunimos com os seguintes membros do NEPRE: Sra Ilse Swiert, Sra Marilene C Souza, Sra Marli R Koerber, Sra Laura Schroeder, Sr Hugues B. Torres, Sra Marialba P. Raposo, Sra Nirma E. Machado (coordenadora do projeto nesta unidade escolar).
Ao início do encontro, a Sra. Nirma acolhe os presentes com uma breve apresentação do programa NEP (Núcleo de Educação e Prevenção), comentando sobre os diversos campos em que a prevenção deve ser bem dirigida; na ética, moral, sociedade; provando que o trabalho deve ser focado nas famílias, adolescentes da escola, comunidade, cidade e assim por diante.
Continua o encontro compartilhando uma mensagem, escrita por volta de 1996, verídica, que reforça a preocupação e a importância que devemos prestar ao ato do diálogo em nossas famílias.
O Sr. Hugues, diretor da escola, reforça o assunto lembrando que é através dos pequenos atos que iniciamos um bom trabalho de prevenção, de incentivo as nossas crianças e adolescentes. Durante o ano o projeto será bastante divulgado, principalmente levantando questões referente drogas, responsabilidade.
Em seguida, o Sr. Alex, professor desta unidade escolar, inicia explanação sobre o tema: Relação Pais e Filhos.
Em primeiro momento faz os participantes refletirem sobre a existência da casa não material e sim espiritual. Enfatiza a necessidade da oração e do diálogo em família e questiona como está a questão atenção em nossas casas.
Continuando, apresenta as três principais funções do televisor:
1 – Informar – atentar para informações distorcidas
2 - Divertir – cuidar com a distorção dos valores morais.
3 – Educar – zelar para que a ação não seja contrária.
O palestrante além de apresentar as funções desse veículo de comunicação, faz menção à postura atenta que devemos manter para que o mesmo seja utilizado sem oferecer prejuízos à formação que pretendemos aos nossos jovens.
Foi abordado, também, a questão do valor aos bens materiais e espirituais, a importância das boas lembranças familiares, dos momentos de interação em nossas casas. Explica que somos criaturas com falhas humanas mas, que temos que entender que Deus é nosso criador e que devemos amor a Ele.
Após explanação do sr. Alex, a palavra volta a sra. Nirma que comenta a importância do assunto até então discutido, buscando esclarecer nossos papéis como pais-educadores, que nossos jovens se espelham na nossa conduta diária. Reforça, também, as instituições família, casamento... fazendo-nos refletir sobre nosso papel na co-criação da humanidade. Questiona o quanto estamos atentos as atitudes dos nossos filhos, percebendo-os em casa e em outros ambientes, colaborando para seu desenvolvimento, participando da vida escolar, colaborando com os professores.
Sr. Hugues toma a palavra e completa o debate mencionando a necessidade de uma família estruturada, preparada para os acontecimentos do dia-a-dia. Dá seu testemunho como professor, diretor e pai e comenta sobre o neoliberalismo e mundo globalizado que influencia muito os valores que tentamos preservar em nossas famílias.
Foi abordado, também, o tema separação. Comentamos mais uma vez a importância do diálogo com o fim de firmar segurança aos filhos, mostrar equilíbrio e acima de tudo esclarecer em todos os sentidos. As crianças não têm maturidade para essas definições e precisam ser orientadas com firmeza, clareza e amor, independente da situação.
Devemos orientar nossos jovens para a busca do estudo, para o aproveitamento correto do tempo e oportunidades recebidas. Sabemos que nossos jovens almejam status, colocação na sociedade e é aí que devemos atuar. Nossa responsabilidade é mostrar que nada se conquista sem luta, trabalho, estudo, amor. Nada é fácil e o que é fácil tende a não ser tão bom. As opções são muitas e tentadoras e cabe a nós, aprendermos como mostrar e auxiliar nossos jovens a distinguirem as situações e saber aproveitá-las devidamente.
Após conversa, as senhoras Marli e Laura foram convidadas a encerrar o encontro, deixando palavras de incentivo e motivação aos ali presentes, para continuarem participando do projeto, fazendo com que percebêssemos a importância do projeto e a forma fácil que pretende-se trabalhá-lo.
Enfim, prevenir é o melhor remédio em qualquer situação e não será diferente em relação a educação dos nossos jovens. É iniciando trabalhos como esse que garantiremos o desenvolvimento de uma sociedade sadia, amorosa, justa e valorosa.


E.E.B. PROF. RUDOLFO MEYER

COORDENADORA DO PROGRAMA: NIRMA ELIAS MACHADO


RELATÓRIO NEPRE
TEMA: ALCOOLISMO

No dia 22/06/06 às 16:00 horas recebemos em nossa Unidade Escolar o Dr. Carlos Eliel Torres, médico (clinica geral), Professor de Anatomia, que apresentou palestra pelo Programa Prosa Unimed, com o tema Alcoolismo.
A sala de som e imagem estava repleta de alunos da 7ª e 8ª séries, além de professores e representantes da comunidade.
O palestrante iniciou com a pergunta: O alcoolismo é uma doença ou um vício? E continuou falando que é a porta de entrada para todos os perigos e outros vícios.
O alcoolismo é uma doença que afeta o indivíduo física e socialmente, abrangendo também a família, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. Atinge a dez por cento da população adulta. Corrói o fígado e o cérebro, além de provocar lesões nos nervos; irritabilidade e tremores nas mãos.
As fases do alcoolismo são: euforia, excitação, confusão, estupor , terminando em coma alcoólico. No trabalho provoca baixa produtividade, atrasos, acidentes de trabalho, brigas, ciúmes, etc.
Por causa de sua dedicação e experiência (6 anos em prontos-socorro de praias e 12 anos em pronto socorro em Joinville), o Dr.Carlos alertou os estudantes sobre o perigo da bebida, principalmente na sua fase inicial.
Falou ainda que o alcoolismo é tratável, sendo cada pessoa diferente; por isso é necessário um reconhecimento individual. Podemos ajudar um alcoolista encarando-o com sinceridade e respeito; falando-lhe a verdade quando não estiver embriagado e encaminhando-o para um tratamento médico.
A seguir foram realizadas algumas perguntas sobre o tema.
A palestra foi encerrada após agradecimentos prestados pela equipe do NEPRE.


RELATÓRIO: EEB MAESTRO FRANCISCO MANOEL DA SILVA


ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL – JOINVILLE
23ª GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
EEB MAESTRO FRANCISCO MANOEL DA SILVA
RUA XV DE NOVEMBRO, 8508 – VILA NOVA – FONE 3439-5093


RELATÓRIO NEPRE

A prevenção ao uso indevido de drogas e às doenças sexualmente transmissíveis é tema interdisciplinar do currículo da Escola Maestro. Em nosso cronograma anual o dia 26 de junho é o dia internacional do combate às drogas e o dia 29 de agosto é o dia nacional do combate ao fumo, assim como o dia 1º de dezembro é o dia mundial de combate à AIDS. Neste ínterim desenvolvemos as atividades referentes aos projetos ALCOOLISMO E TABAGISMO e PREVENINDO NA ESCOLA.
Vamos aprofundar o tema ALCOOLISMO com as oitavas séries e as primeiras séries do Ensino Médio, estendendo a todos os alunos no Seminário Interno realizado pelas séries citadas. O mesmo ocorre com o tema TABAGISMO e os efeitos das DROGAS no organismo, liderado pelas sétimas séries e terceiras séries do Ensino Médio. Os trabalhos iniciam nesta segunda quinzena do mês de junho e culminam na segunda quinzena de setembro, no Seminário Interno.
As DSTs e a educação para o amor resgatamos do PREVIDA, ainda considerado pela escola como um ótimo programa, aliado ao programa O CARÁTER CONTA, que estamos desenvolvendo com todos os alunos e, mais detalhadamente, com as sétimas séries e as segundas séries do Ensino Médio.
Segue como exemplo o programa do seminário do ano anterior realizado no período noturno:


Seminário sobre Alcoolismo e Drogas


Boa noite a todos, sejam bem-vindos ao Seminário sobre Alcoolismo e Drogas, promovido pelas 1ªs séries 6, 7 e 8, em colaboração com a 6ª fase, e sob a coordenação da Professora Cecília Tomázia Nau Ávila, professora de Filosofia da 1ª 6 e Artes das 1ªs 7ª e 8ª.
O seminário sobre Alcoolismo e Drogas é fruto de um trabalho de pesquisa e debate na sala de aula, para conscientização de todos nós a respeito dos malefícios causados pelas drogas em geral.

1-Vamos iniciar assistindo a um clip preparado pelo aluno Robson sobre as drogas.

2-O aluno Brayan apresentará a justificativa do tema do nosso seminário.

3-Drogas: Fique Fora dessa roubada, preserve a sua vida e a sua saúde, é a mensagem das alunas Letícia, Lígia, Daniela e Ingrit.

4-Os alunos Maurício e Leandro escreveram em versos a sua opinião sobre as drogas e vão apresentá-la neste momento. Vamos ouvir com atenção a poesia que eles escreveram.

5-O cigarro de tabaco é uma droga lícita utilizada em grande escala. São poucas as pessoas que conhecem realmente o efeito que esta droga produz.
Vamos conhecer as conseqüências do cigarro, através da apresentação das alunas Aline, Rosemeire e Agatha.

6-Assistiremos agora ao rap preparado pelos alunos Tiago, Jean e Marcelo.

7-Há muitas histórias verídicas que envolvem os usuários de drogas. Vamos conhecer uma delas com o depoimento do aluno Jeferson.

8-Os alunos Alinor, Michel e Daniel apresentarão, na seqüência, alguns dados estatísticos.

9-O banner afixado com o tema deste seminário é produto de um concurso de desenho entre os alunos das 1ªs séries. O trabalho vencedor é da aluna Eliete Cristiane Costa, da 1ª 7, que chamamos neste momento para receber os nossos aplausos. Convidamos a professora Cecília para fazer a premiação e posterior uso da palavra.

10-Existe uma musiquinha bem conhecida que traz uma grande mensagem aos jovens que buscam se libertar da pressão da família, com a ajuda de pessoas tidas como “amigos”. Convidamos a cantar conosco a musiquinha do Mamute.

Queremos agradecer a todos pela atenção dispensada e convidamos a direção para o encerramento deste seminário.

A proposta da escola é envolver todos os alunos no desenvolvimento dos projetos mas com a responsabilidade maior sobre determinadas turmas foco de ação e disseminação dos conhecimentos.
Como objetivos do NEPRE a escola estabelece:
Objetivo Geral:
· Implementar o programa de prevenção e redução de danos às substâncias Psicoativas, às DST’S , a questão da sexualidade e à Violência
Objetivos Específicos:
· Socializar conhecimentos científicos sobre drogas, DST’s e Violência;
· Formar multiplicadores;
· Estabelecer parcerias para o desenvolvimento de um trabalho preventivo;
· Conscientizar toda a comunidade escolar .
Neste sentido a escola procura desenvolver um trabalho voltado à qualidade de vida, conscientizando o aluno da importância de conhecer a si mesmo, formar auto-estima positiva, observar com naturalidade as mudanças que ocorrem na adolescência, relacionar-se positivamente com seu grupo, com a família e seu meio, desenvolvendo o senso crítico para tomar decisões socialmente positivas e incentivando a sua participação responsável na sociedade.

SITES RECOMENDADOS PARA PESQUISA

SITES PARA PESQUISA
  1. COORDENAÇÃO NACIONAL DE DST E AIDS - Programa Nacional de Aids do Ministério da Saúde. Dados sobre a epidemia no país e últimas informaçãos: http://www.aids.gov.br
  2. AGÊNCIA AIDS - Divulga notícias, informações e artigos sobre aids. Reúne ainda dados estatísticos, dicas de livros e relação de ONGs voltadas ao tratamento e orientação de doentes: http://www.agenciaaids.com.br
  3. ABRAPIA - ONG que trabalha na promoção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes: http://www.abrapia.org.br
  4. IPA - ONG formada por profissionais que atendem creches, trabalham em saúde e realizam saerviços de assitência social: http://www.ipa-br.org.br
  5. CECRIA - Centro de pesquisa, capacitação e formação, criado para estudar as questões relacionadas a violação, promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e adolescente: http://www.cecria.org.br
  6. ECOS - Comunicação em Sexualidade - ONG que produz materiais educativos na área de sexualidade e aids: http://www.ecos.org.br
  7. GRUPO PELA VIDDA - ONG que trabalha com o compromisso de promover a integração das pessoas vivendo com HVI e aids, o respeito à sua cidadania, a sua participação no enfrentamento da epidemia, e também contribuir para a prevenção e o controle da aids: http://www.pelavidda.org.br
  8. GAPA - ONG existente em diversos Estados do país, desenvolve trabalhos em prol dos direitos e integração das pessoas portadoras de Aids: http://www.gapars.com.br
  9. NEPAIDS - Centro de estudos e discussão e divulgação de conhecimento sobre HIV/Aids: http://www.usp.br/nepaids
  10. PROJETO ADOLEC - BIREME - Biblioteca virtual que tem por objetivo promover acesso on-line à informação científica para a saúde do adolescente no Brasil: http://www.adolec.br

14 junho 2006

RELATÓRIO: EEB GERMANO TIMM


EEB PROFESSOR GERMANO TIMM
RELATÓRIO DE ATIVIDADES

ATIVIDADES DO PROJETO NEPRE


Atividade 1

Turma: 8ª série (matutino)
Disciplinas: Inglês
Professora: Eliane Ulmer Moeller


A professora Eliane, de Inglês, trabalhou em sala de aula textos e frases sobre o tabagismo com os alunos da 8ª série. Foram elaborados pelos alunos, cartazes em inglês com tradução para o português, sobre os malefícios que o cigarro trás para o homem e para meio ambiente do qual faz parte. Estas atividades fizeram parte da Semana do Meio Ambiente e os cartazes foram expostos nos murais da escola.



Foto1: Frases expostas no mural



Foto 2: Mural




Atividade 2

Turmas: toda comunidade escolar
Disciplina: Interdisciplinar
Professor Responsável: Professora Lindaura (Orientadora Educacional)

Foi montado um mural permanente com propaganda antitabagismo e antialcoolismo. Este mural tem como objetivo conscientizar toda comunidade escolar sobre os malefícios das drogas licitas e ilícitas.



Foto 3: Mural permanente

09 junho 2006

RELATÓRIO: EEB DOM GREGÓRIO WARMELING

ESTADO DE SANTA CATARINA
GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
E.E.B. DOM GREGÓRIO WARMELING
Av. São Francisco do Sul, 90 – Fone-Fax (047) 448-1033
Balneário Barra do Sul – Santa Catarina


DIA MUNDIAL DO COMBATE AO TABAGISMO - 31/05/2006


Metodologia do trabalho

Por ser um ato lícito, o tabaco é uma droga que está inserida em boa parte das famílias de todo o mundo. Pessoas, cada vez mais cedo, estão fazendo do cigarro um paliativo para resolver seus problemas pessoais, onde não sabem que em um futuro muito breve haverá uma grande frustração no que diz respeito aos malefícios causados pelo uso excessivo do tabaco.
Motivo esse , veio o projeto de conscientização dos alunos da EEB Dom Gregório Warmeling, que teve como objetivo levar para suas vidas, os males que são causados pelo cigarro.
Aproveitando a data alusiva ao Dia do Tabaco, a escola se organizou com os alunos das 7ª Séries que juntamente com a professora de Ciências realizaram alguns trabalhos como:
- Slogam de conscientização contendo uma frase e um desenho sobre o tema “Tabagismo”;
- Exposição dos trabalhos em forma de cartazes;
- Confecção de um mural permanente de “Combate ao Tabagismo”
- Debates em sala de aula monitorada pelo professor

Segue em anexo, fotos dos resultados obtidos com os cartazes feitos pelos alunos e expostos nos murais da escola.



JUSTIFICATIVA: EEM NAGIB ZATTAR

Caro Profº Jorge,

Informamos que devido a paralização do grupo de professores, não foi possível desenvolver as atividades referente ao tema do Dia de combate ao tabagismo. Porém, confeccionamos um cartaz com folhetos informativos abordando o tema, onde foi fixado nas dependências da escola.

Atenciosamente,

A Coordenação.
EEM Nagib Zattar

JUSTIFICATIVA: EEB Dr. TUFI DIPPE

Escola de Educação Básica Dr. Tufi Dippe

Prezado Sr. Jorge Schemes
Coordenador do NEPRE


Vimos por meio desta justificar a impossibilidade do desenvolvimento das atividades pedagógicas relacionadas ao dia 31 de maio (dia mundial de combate ao tabagismo).
Durante o período de greve os alunos não compareceram na escola, nos impossibilitando da realização destas atividades.
Tentamos contato com alguns palestrantes onde nos foi solicitado agendamento com 20 dias de antecedência e disponibilidade do Data Show.
A data para tal agendamento ficaria somente para o final do mês, depois do dia 10 de junho, entretanto não conseguimos o Data Show requerido.
Para tanto, apenas colocamos no Mural da Prevenção cartazes demonstrando o combate ao tabagismo.

Atenciosamente;

Daisy da Costa Bicalho

RELATÓRIO: EEB ANTÔNIA ALPAÍDES CARDOSO DOS SANTOS

Como solicitado, estou enviando um relatório e o projeto sobre as atividades trabalhadas em sala com os professores de Ciências de Educação Física, sobre saúde, mas precisamente tabagismo, alimentação e bebidas.
Atenciosamente,
Suziane Marques
Assist. Téc. Pedagógica.


EEB Professora Antônia Alpaídes Cardoso dos Santos
Diretoras: Maria Rosa Sellmer e Cléa Maria de Aguiar
Coordenadora de Projetos: Suziane Marques
Professores: José Paulo Ramiro, Ivanete F. Girardi, Ivania Maria de Oliveira e Maria Lucília K. Westphal
Cronograma: Junho e julho de 2005
Turmas: Ensino Fundamental e 1º do Ensino Médio
Disciplinas: Ciências e Educação Física
Tema: Vamos cuidar da nossa saúde?


Justificativa:

O controle do tabagismo é norteado por quatro estratégias básicas: prevenir o consumo, proteger os indivíduos dos malefícios causados pela exposição à fumaça dos produtos derivados do tabaco, promover a cessação do uso desses produtos e regulamentá-los. O tema do Dia Mundial Sem Tabaco tem seu foco voltado em 2006 para a última estratégia: a regulamentação.
Apesar dos estudos científicos demonstrarem claramente a relação entre o consumo dos produtos derivados do tabaco com o desenvolvimento de doenças graves e fatais, a indústria do tabaco continua lançando novos produtos no mercado sob diferentes formas (cigarros, charutos, cachimbos, cigarros de palha, de cravo, de Bali, mascado, etc) e sabores (suaves, baixos teores, menta, chocolate, etc). Isto com o apelo de serem naturais, conterem um menor teor de substâncias tóxicas e serem menos danosos à saúde. Eles estão longe de serem simples produtos agrícolas, uma vez que são engenhosamente manufaturados para servirem como dispositivos liberadores de nicotina, droga capaz de causar dependência química, e para mascarar os efeitos irritantes de alguns dos tóxicos da fumaça dos produtos.
As comemorações pelo Dia Mundial Sem Tabaco, no dia 31 de maio deste ano têm como objetivo chamar a atenção da população para o fato de que os produtos derivados do tabaco, independentemente de suas formas e disfarces, são igualmente danosos à saúde. Seu consumo aumenta o risco de doenças neoplásicas, cardiovasculares e respiratórias, entre outras. Essas informações são cruciais para que a população e a sociedade civil organizada possam apoiar o governo na implementação de medidas de regulação rigorosa destes produtos.
O Brasil é um dos países mais avançados na área de regulação dos produtos de tabaco. Entre as medidas tomadas até o momento no Brasil destacam-se:
• a fixação dos limites máximos dos teores de alcatrão, nicotina e monóxido de carbono para cigarros comercializados no Brasil;
• a proibição do uso de descritores de produtos como light, ultra light, suave, baixos teores, etc;
• a proibição da propaganda dos produtos derivados do tabaco na mídia falada, escrita e eletrônica;
• a proibição do patrocínio de eventos culturais e esportivos pela indústria do tabaco;
• a proibição do fumo em ambientes coletivos fechados;
• a inclusão de imagens e mensagens de advertência sobre os malefícios do fumo nos maços dos produtos derivados do tabaco comercializados no Brasil;
• a criação de taxa anual de registro de todos os produtos derivados do tabaco comercializados no Brasil, com a obrigatoriedade da informação por parte da industria do fumo sobre a composição destes.
Juntamente com o trabalho contra o tabagismo, iremos aproveitar o Dia Mundial Sem Tabaco, que é no mesmo dia do Desafio SESC, onde todas as crianças da escola param pra fazer atividades físicas durante15 minutos. Com isso estaremos estimulando as crianças a praticarem esportes e se conscientizarem que a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável é muito bom para a nossa saúde.


Objetivo Geral:

Mostrar as crianças que prevenir a saúde evita doenças, onde temos que nos alimentar muito bem, comendo muita vitamina, proteínas, carboidratos, ferro, entre outros, praticarem esportes ou fazer algum exercício físico é primordial e que fumar e beber em excesso são maléficos.


Objetivos Específicos:

Executar atividades físicas, identificando como essencial para uma vida saudável – Dia do Desafio SESC;
Conscientizar as crianças, através de atividades pertinentes, os males que o cigarro pode causar e o excesso de bebidas também, mostrar que uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos são imprescindíveis a nossa saúde;
Produzir coletivamente e individualmente textos informativos, ilustrações, histórias em quadrinhos, contação de histórias, dramatização e gráficos sobre o Tabagismo, bebidas e alimentação saudável.

Conteúdos Curriculares:

Leitura e escrita – gêneros textuais: poemas, contação de histórias, reescritas, releitura, produção textual coletiva e individual, músicas, textos de jornais e revistas, sobre alimentação e doenças;
Elaboração e ilustração de histórias em quadrinhos;
Dramatização sobre as Drogas;
Produção textual – reescrita e produção individual e coletiva;
Linguagem oral – produções de textos orais: debates, discussões orais, reconto de histórias contadas pelo professor, entrevistas e pesquisas;
Lingüística textual – reconhecimento dos elementos constitutivos nos gêneros discursivos;
Construção de gráfico sobre o índice de fumantes no Brasil;
Resolução de situações-problemas;
Nossa Saúde – Alimentação, doenças, bebidas e tabagismo;
Aquecimento, alongamento e ginástica.


Avaliação:
Sabe-se que trabalhar através de um projeto é um trabalho em que o aluno é um agente ativo no processo e o professor, um estudante a mais.
O trabalho foi acompanhado e compartilhado constantemente pelo professor, interagindo, pesquisando devido ser um trabalho em que vão surgindo dúvidas. Pesquisamos na internet e realizamos a leitura oral dos textos. As dúvidas iam surgindo, pois questionamos sobre a atitude das pessoas nos textos e as crianças participaram ativamente.
Foi um trabalho através da oralidade, onde as crianças expuseram suas idéias e conhecimentos.
Todos os textos e atividades realizadas foram feitos com o objetivo no processo ensino-aprendizagem relacionados ao contexto do aluno, através de atividades significativas.
O projeto de trabalho proporcionou atividades interessantes às crianças, que surgiu de um problema, que juntamente com os alunos estabelecemos um eixo temático, levando-os a uma participação mais ativa no processo de aprendizagem e nas trocas de experiências e idéias.
O trabalho com os textos foi acompanhado com discussões pertinentes e de atividades paralelas para construir o sentido do texto, concebendo a escrita como uma inserção em um contexto sócio-cultural. A produção textual estava associada ao tema que contribuiu para que a criança apropriasse de processos mais complexos acerca da leitura, da interpretação e da escrita. Foram particularizadas palavras significativas na construção textual, através de atividades criativas, lúdicas e significativas, priorizando o uso da escrita por meio da textualidade.
O trabalho de leitura levou o aluno a análise e compreensão das idéias dos autores, o aluno envolveu-se, emocionou-se, o texto tornou-se algo de uso social em ações efetivas do seu dia-a-dia.
Como professores, achamos que o trabalho superou as nossas expectativas, as crianças participaram e realizaram todas as atividades, não sentiam-se inibidas ao exporem suas idéias e nem tão pouco para fazer perguntas. Tornou-se mais trabalhosa essa forma de trabalho, pois requer muita dedicação, estudo, pesquisa e participação e até é muito cansativo, pois não é um trabalho pronto e acabado, no decorrer do processo surgem questionamentos que vamos suprindo juntamente com os alunos.

Culminância:

A culminância deu-se através da exposição das atividades - murais feitos em sala de aula e com relatos orais pelas crianças; Trabalhar uma receita, seguindo as instruções e fazer a comida em sala de aula ou no pátio da escola.

RELATÓRIO: EEF MARIA AMIN GHANEM

Em anexo o relatório sintetizado das atividades até então realizadas sobre prevençao contra o tabagismo.
Att. Assistente Técnico Pedagógico
Vania Meneghini
EEF. Prof. Maria Amin Ghanem

EEF PROF. MARIA AMIN GHANEM
Rua: Adolar Polh, 318 – Aventureiro Cohab
Fone: 3467-6723

Ao NEPRE (Núcleo de Educação e Prevenção)
Relatório das atividades desenvolvidas para prevenção contra o tabagismo.

Desde o início do ano letivo a Escola vem desenvolvendo, sob coordenadoria das 8ªs séries e da Assistente Técnico Pedagógico Vânia Meneghini, um projeto de educação e prevenção contra o uso de drogas e principalmente o vício de fumar cigarro. Assim durante aulas programadas foram sendo desenvolvidas atividades cuja culminância se deu no dia 31 de maio (Dia Mundial de Combate ao Tabagismo) com a remontagem e exposição do Mural da Prevenção.
Esse projeto tem 2 (duas) partes: A Primeira terminou com a exposição e se deu através da produção de trabalhos divididos por equipes segundo suas escolhas e habilidades nas 8ª séries. A Segunda parte será a produção e distribuição de material de divulgação do projeto e seu conteúdo, para tanto já foi desenvolvido o Slogan do projeto. Essa parte consiste na informação de toda a comunidade escolar.
No decorrer do ano letivo serão feitos outros trabalhos culminando com a avaliação e produção do projeto.
Em anexo também estamos enviando o Projeto para maiores esclarecimentos.
Atenciosamente,

Vânia Meneghini
Assistente Técnico Pedagógico

RELATÓRIO: EEB JOÃO ROCHA

Conforme solicitação C.I. nº 88 enviamos em anexo o Relatório de nossa Unidade Escolar referente ao Dia mundial de combate ao tabagismo. Segue também em anexo fotos dos murais confeccionados pelas turmas envolvidas.Atenciosamente;

Maria Isabel S. A. Krummenauer
Diretora


TEMA: CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O TABAGISMO

DISCIPLINA: BIOLOGIA e LÍNGUA PORTUGUESA

PROFESSORAS:
GIZELLE MALTA DE OLIVEIRA
ESTER FEUSER FELTRIN


RELATÓRIO

OBJETIVO GERAL:

LEVAR os alunos a uma reflexão ampla no que diz respeito aos males provocados pelo tabaco.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

CONSCIENTIZAR os adolescentes e pré-adolescentes à respeito dos males do Tabagismo.
PESQUISAR o índice de tabagismo na comunidade.
PROVOCAR nos alunos a vontade de elaborar conceitos críticos no que se refere ao Tabagismo.

JUSTIFICATIVA:

Diante das informações que temos com relação aos malefícios do Tabagismo, é necessário que a Escola tome uma postura que lhe permita minimizar o problema.
Daí a elaboração desse projeto que visa informar, orientar e criar condições para que o assunto seja amplamente discutido, sob os mais variados pontos de vista, da comunidade estudantil.
É um tema de grande relevância que precisa e deve ser trabalhado, principalmente entre os adolescentes e pré-adolescentes que se deixam envolver pelos apelos constantes do meio social, onde o fumo é apresentado como uma válvula de escape para os problemas, ou como status, ou ainda como auto-afirmação da sexualidade. Cabe a Escola de maneira sensata e equilibrada mostrar o outro lado da moeda, e fazê-los repensar sobre as conseqüências que virão em decorrência do tabagismo.
Por isso, a atuação da Escola em projetos dessa natureza é extremamente importante, pois é ela que vai dar o suporte científico para que os estudantes repensem o seu posicionamento e saibam discernir com clareza sobre a importância de uma vida saudável e sem vícios.

ATIVIDADES PROPOSTAS E DESENVOLVIDAS:

- Levantamento de dados da situação do Tabagismo na comunidade escolar.
- Realização de trabalhos em grupos.
- Pesquisas na Internet.
- Elaboração de cartazes.
- Discussão sobre o assunto.
- Entrevistas na escola e na comunidade.

TURMAS ENVOLVIDAS:

O projeto foi aplicado nas turmas de Ensino Médio e Ensino Fundamental: 5os séries, 6os série, 7os séries, 1o ano 01 e 1o ano 02.

CRONOLOGIA:

O projeto teve a duração de uma semana, que poderá ter a continuação durante o ano.
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS


Pesquisa personalizada