Pesquisa personalizada

OUÇA TEMAS DA BÍBLIA AGORA:

REALIZE UMA CAPACITAÇÃO, PALESTRA OU OFICINA SOBRE INDISCIPLINA, BULLYING E ATO INFRACIONAL:

Pesquisa personalizada

13 junho 2007

RELATÓRIO: EEB RUTH NÓBREGA MARTINEZ

ESTADO DE SANTA CATARINA
SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO
EEB VEREADORA RUTH NÓBREGA MARTINEZ
ESTRADA GERAL DO MIRANDA- BAIRRO: MIRANDA
SÃO FRANCISCO DO SUL- FONE: (47) 3449-6005

Prezado(a) Senhor(a),

A Direção da Escola envia o relatório de atividades sobre o dia do Tabagismo, elaborado pelo Professor de Ciências desta Unidade Escolar.

Série trabalhada: 8ª série
Professor: Silvio Gdiovanni Scheidemann
Atividades: Texto- Cigarro: Outro desafio do século XXI
Imagens: Desenhos de autorias de Makely 8ª série
Giovana e Jean 8ª série


Texto:

CIGARRO: OUTRO DESAFIO DO SÉCULO XXI

O transporte de gás oxigênico pelo sangue é compromitido pelo monóxido de carbono; a pressão arterial se eleva e as atividades das células nervosas são prejudicadas pela nicotina; envelhecimento precoce; infarto do miocárdio; aumento nas chances de desenvolver diversos tipos de câncer. Essa é uma lista de alguns malefícios proporcionados pelo ato de fumar cigarros.
O cerco ao cigarro está aumentando em todo o mundo. As campanhas antifumo se multiplicam intensamente em vários países.
O próprio espaço dos fumantes está ficando restrito. Mesmo em bares e restaurantes, onde até há pouco tempo era normal as pessoas fumarem á vontade, já existem restrições ao uso do cigarro; e, em alguns deles, é simplesmente proibido fumar.
O ato de fumar, que em tempos passados foi entendido como uma atitude “charmosa” por alguns e até como uma espécie de passaporte para o mundo dos adultos por muitos por muitos adolescentes, é hoje interpretado como uma manifestação de mau gosto e, conforme o ambiente em que se acenda o cigarro, como falta de educação e de respeito para com as pessoas.
Atualmente é consenso entre os pesquisadores que o cigarro é mais danoso á saúde do que se pensava há algumas décadas. Estudos recentes apontam para prognósticos sombrios que estimam a morte de aproximadamente 1 bilhão de pessoas em todo o mundo, neste século, em conseqüência de doenças associadas ao fumo, caso não haja redução nos atuais índices de consumo.
Algumas pesquisa mostram que 16% dos fumantes deverão morrer de câncer de pulmão antes dos 75 anos de idade. Se pararem de fumar antes dos 50 anos, o risco diminui para 6%. E, se o hábito for abandonado antes dos 30 anos, essa porcentagem cai para 2%.
Que o cigarro vicia, todo mundo sabe. Que não é fácil se livrar do vício, os fumantes que o digam. Será, então, que vale a pena começar a fumar?

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada